Lifestyle

Noruega – Primeiro mês

Faz amanhã um mês que cheguei a Molde, já estou a trabalhar há quase 3 semanas, encontrei trabalho passado uma semana e estou a trabalhar na minha área Marketing.

via GIPHY

Há quem diga que tive sorte, mas durante o último ano adicionei milhares de pessoas no meu Linkedin, e todos os dias fui falando com pessoas novas até que me deram uma oportunidade.

Tudo se consegue desde que uma pessoa se esforce e que seja ela própria. Não é nada do outro mundo, basta acreditar, muitas pessoas me diziam ” Tu não vais conseguir encontrar logo emprego, vais começar a fazer limpezas”. E de facto eu estava disposta e concorri a tudo o que pude, até mesmo limpezas.

Não podemos deixar-nos levar por ideias negativas se queremos algo temos que nos preparar com a devida antecedência, não é em um mês ou dois que conseguimos arranjar contactos e falar com pessoas, são vários meses e o caminho ainda é longo, mas nunca se deve perder o entusiasmo.

As primeiras semanas passaram, o ritmo de trabalho é completamente diferente, as pessoas não correm não stressam, e o ordenado é bastante convidativo.

Salários na Noruega: O salário médio norueguês gira em torno de NOK (coroa norueguesa) 22.000 e 28.900 ( 2.254,67 Euros a 2.900,00). Sem contar com os impostos, são aproximadamente 25%.

Contrato de trabalho feito, tive que ir entregar a minha documentação no Skatten (Norwegian tax administration).

Documentos que tive que entregar.

  • Passaporte
  • Contrato de Trabalho
  • Papel da Polícia que referi no post anterior

Agora já tenho o meu MinId com este número já posso receber todas as notificações por parte das Finanças (Skatten), e também já posso aceder ao Altinn

Altinn é um portal da internet para o diálogo digital entre empresas, particulares e órgãos públicos. O Altinn é também uma plataforma técnica que os órgãos governamentais podem usar para desenvolver serviços digitais

Documento que recebi: D-Number. Para quem tem um contrato de apenas 5 meses como no meu caso, fiquei apenas com o número temporário.

Cenas para os próximos capítulos: BankID

Para além das burocracias habituais “papeladas” , tive oportunidade de experimentar os serviços de manicure Noruegueses. Todos os serviços pessoais são caros, paguei 550 coroas pela manicure e unhas de gel, cerca de 55 euros, poderia ter optado apenas por realizar unhas de gel ficaria em 350 coroas. O serviço demorou cerca de 3h, mas foram ao detalhe e ao pormenor e bastante cuidosas, inclusivamente até utilizaram uma régua para medir as unhas.

Fomos convidados para comer uma bela caldeirada de bacalhau com vizinhos, e estava deliciosa, fomos extremamente bem recebidos e foram super simpáticos connosco.

A semana passada a Liesbeth convidou-me para visitar a Fonte Verdi ,  fabricam e vendem queijo orgânico de leite não pasteurizado e também sumo de maça. Provei tudo e estava delicioso, sem corantes nem conservantes. Deixo mais abaixo algumas das imagens

You Might Also Like...

3 Comments

  • Reply
    Adriana Vale
    February 17, 2019 at 19:49

    A caldeirada tem o nome de bacalao. Já perdi a conta das vezes que disse que o nosso ( português) é diferente. Boa sorte

    • Reply
      Rita
      February 18, 2019 at 16:33

      Obrigada pelas tuas palavras Adriana. Não sei se a portuguesa é melhor mas esta estava deliciosa 🙂

  • Reply
    Viver na Noruega – Video Live com Montezuma e Marmelada
    August 21, 2019 at 21:17

    […] Noruega primeiro mês […]

Leave a Reply

WhatsApp chat